loader

Para o presidente: declaração do petista foi uma maneira de dizer a narcotraficantes e bandidos do país: "Estamos juntos"

  • Home    /
  •    Notícias    /
  • Para o presidente: declaração do petista foi uma maneira de dizer a narcotraficantes e bandidos do país: "Estamos juntos"
Para o presidente: declaração do petista foi uma maneira de dizer a narcotraficantes e bandidos do país:

Em conversa com apoiadores nesta segunda-feira (20), o presidente Jair Bolsonaro comentou uma declaração do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre os sequestradores do empresário Abílio Diniz. Para o chefe do Executivo, o petista simplesmente mandou um recado aos “narcotraficantes e bandidos” do país, o de que está junto com eles.

fala de Lula ocorreu na sexta (17), durante um discurso. Na ocasião, ele falou sobre o crime, que ocorreu em 1989, e relatou que, em 1998, procurou o então ministro da Justiça, Renan Calheiros, para liberar os sequestradores do empresário. À época, Renan teria dito ao petista para falar com o então presidente Fernando Henrique Cardoso, que foi o que ele fez.

O episódio foi motivado por uma greve de fome cometida pelos criminosos, que tiveram sua progressão de pena negada pela Justiça. O grupo era composto por argentinos, chilenos, canadenses e ainda um brasileiro. Na época, Lula atuou para acabar com a greve de fome e os sequestradores acabaram sendo soltos. No final, os estrangeiros foram extraditados e o brasileiro recebeu um indulto.

– O sequestro é planejado, pessoal (…), por que o Lula tocou nesse assunto? Alguém tem ideia? Ele deu um recado a todos os narcotraficantes e bandidos deste Brasil de que “estamos juntos” – destacou Bolsonaro.


Publicada por: Pr. Elias Fernandes

BAIXE NOSSO APP

Utilize nosso aplicativo para escutar PROEVES FM direto de seu dispositivo movel.

img

Copyright © 2022 PROEVES FM. Todos os direitos Reservados.

Adonis Music R&B