loader

Após ser criticado por Doria, Aécio diz que governador tem 'destempero verbal'

  • Home    /
  •    Notícias    /
  • Após ser criticado por Doria, Aécio diz que governador tem 'destempero verbal'
Após ser criticado por Doria, Aécio diz que governador tem 'destempero verbal'

O deputado federal Aécio Neves (PSDB-MG) reagiu às críticas feitas a ele pelo governador de São Paulo, João Doria (PSDB), em entrevista à CNN nesta segunda-feira (19). Em nota, o parlamentar afirmou que Doria tem "destempero verbal" e vem dando demonstrações de autoritarismo e de despreparo. Para Aécio, Doria busca ser o candidato do PSDB à presidência da República para atender "seus interesses e sua enorme vaidade". 

"O destempero verbal do governador João Doria diante dos questionamentos crescentes ao seu nome dentro do PSDB evidencia cada vez mais seu perfil autoritário e o seu despreparo para enfrentar as legítimas críticas políticas", diz um trecho da nota assinada pelo ex-governador de Minas Gerais. 

À CNN, João Doria disse que "o fracasso subiu à cabeça de Aécio Neves" e afirmou que o mineiro "não gosta de eleição, gosta de conchavão", em referência ao apoio do tucano à candidatura de Arthur Lira (PP-AL), líder do Centrão, à presidência da Câmara em fevereiro de 2021. 

As afirmações de Doria, por sua vez, eram resposta a críticas feitas por Aécio no sábado (17). Também em entrevista à CNN, o candidato derrotado à presidência da República em 2014 disse trabalhar contra a candidatura de Doria, que poderia, segundo ele, levar o PSDB ao "isolamento absoluto", fazendo com que o partido corra o risco, inclusive, de se tornar uma legenda "nanica". 

Doria rebateu dizendo que Aécio é contrário a um nome do PSDB como cabeça de chapa ao Planalto em 2022 porque "quer que o fundo eleitoral fique à disposição dele mesmo". 

As prévias presidenciais do PSDB estão marcadas para o dia 21 de novembro. Os pré-candidatos até o momento são, além de João Doria, o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, o senador pelo Ceará Tasso Jereissati e o ex-prefeito de Manaus Arthur Virgílio. 

Leia a nota de Aécio Neves na íntegra: 

"O destempero verbal do governador João Doria diante dos questionamentos crescentes ao seu nome dentro do PSDB evidencia cada vez mais seu perfil autoritário e o seu despreparo para enfrentar as legítimas críticas políticas.

Como não tem argumentos para justificar suas posições , entre elas, por exemplo, a humilhação a que vem submetendo o ex-governador Geraldo Alckmin, e o apoio entusiasmado que deu a Bolsonaro com o inesquecível bolsodoria, repete mentiras para tentar transformá-las em verdades e, assim, reescrever o passado da forma que lhe interessa.

Nunca pedi propina a quem quer que seja. No episódio mencionado, não há envolvimento de dinheiro público nem de qualquer contrapartida, como reconhece o próprio delator. Não demorará muito e o governador de SP terá que vir a público pedir desculpas por sua leviandade.

Reitero que o governador Doria perdeu as condições de ser candidato à sua própria reeleição e quer levar o PSDB para uma aventura que atende apenas aos seus interesses e à sua enorme vaidade. Espero que o PSDB não vá por esse caminho."


Publicada por: Pr. Elias Fernandes

DEIXE UM COMENTÁRIO

BAIXE NOSSO APP

Utilize nosso aplicativo para escutar PROEVES FM direto de seu dispositivo movel.

img

Copyright © 2020 PROEVES FM. Todos os direitos Reservados.

Adonis Music R&B